quinta-feira, 30 de junho de 2011

Não espere um sorriso, para ser gentil. Não espere ser amado para amar. Não espere a queda para se lembrar do conselho. Não espere a mágoa do outro para pedir perdão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário